A escolha pelo amor é natural, porque o amor é a nossa verdadeira essência, mas nem sempre vivemos de maneira amorosa. Se você não se lembra de quem você é, como pode responder à vida com amor? Quantas vezes você encontra as pessoas e as vê como o amor que são?

Todos os dias, temos muitas oportunidades de praticar viver o amor quando nos encontramos com outras pessoas.

Vivemos nossa escolha pelo amor quando vemos as pessoas verdadeiramente. Nossa mente egoica sabe disso e, por isso, faz todo o esforço necessário para que nos relacionemos com as pessoas como se fossem separadas de nós. Para tentar gostar das pessoas e tentar fazer com as pessoas gostem de nós, ou para odiar, querer, precisar, cuidar, sentir-nos magoados e sentir-nos decepcionados, é necessário um esforço para nos relacionarmos com as pessoas como se fossem separadas e diferentes de nós.

Um Curso em Milagres (UCEM) ensina que, toda vez que encontramos alguém, nos é dada uma oportunidade de nos lembrarmos do amor. Não se trata de esperar passivamente que alguém nos diga como somos maravilhosos ou nos valorize, mas sim de decidir o que queremos experimentar:

A mensagem que o teu irmão te dá depende de ti.
O que é que ele te diz?
O que queres que ele te diga?
A tua decisão sobre ele determina a mensagem que recebes.

UCEM – Texto-9.II.5.

A maioria de nós não percebe que decidimos ativamente a respeito do que queremos que nosso irmão ou irmã nos diga. Não que você decida literalmente as palavras que dirão, mas decide o que as palavras deles significam para você. Você quer que os outros o recordem do amor ou do medo? Se você sente que as pessoas são qualquer coisa diferente do amor, nesse momento você não quer ser lembrado de que você é amor.

Pode ser tão simples?
Sim.
Viver o amor é uma escolha.

JAMES KELLY – Criador do Jogo Miracle Choice

VÍDEO – Viva a sua escolha pelo amor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *