Quando eu Resolvo Ser Feliz
por Cátia Vasconcelos


Quando eu resolvo ser feliz, honro a liberdade e o presente de reger a minha própria vida.
Acolho o passado e o coloco de lado numa prateleira.
A minha atenção e a minha decisão focam no momento presente.
O que eu quero sentir, pensar e manifestar na minha vida daqui para a frente?
Não importa o que aconteceu na minha infância, ontem ou há cinco minutos.
Eu escolho ser feliz de agora em diante.
Independente da minha história e das condições ao meu redor.
Se o sol brilha ou não, se consigo fazer tudo o que eu planejei para o meu dia ou não, se as pessoas me entendem ou não, se eu fecho aquele contrato ou não.
Porque sei que, no fundo, o único determinante da minha felicidade é uma chavinha interior.
E só eu tenho ela.
Ninguém e nada têm o poder de controlar o que eu sinto.
É fisicamente impossível.
Quando eu resolvo ser feliz, a maçã parece mais vermelha, a laranja mais saborosa, me pego sorrindo sozinha e vendo as coisinhas mais triviais do meu dia a dia como acontecimentos fantásticos.
Porque é assim que eu quero.
E ponto final.

“Onde você está? Aqui
Que horas são? Agora
Quem é você? Este momento”
CÁTIA VASCONCELOS  –  Master Trainer Miracle Choice.

Depoimentos


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *