Trabalhei intensamente nos últimos três meses preparando duas conferências online. Uma conferência terminou e a outra começa em poucos dias. Eu tive uma experiência de cura e de expansão ao me conectar com pessoas através de entrevistas gravadas e eventos ao vivo. Vivi um momento em que segui meu coração, meu propósito interior e entrei em ação. Trabalhar como parte de uma equipe de conferência me permitiu aceitar meus sentimentos e os dos demais de uma maneira mais profunda, sem quaisquer demandas ou julgamentos, mas simplesmente estando presente para eles.

Um grande aprendizado tem acontecido em torno da ideia da renda financeira que resulta de seguir meu coração. Em um estágio da equipe, houve uma sensação de desapontamento, frustração e tristeza por causa das vendas do pacote da conferência, que foram abaixo do esperado. Houve uma série de diferentes reações baseadas no medo sobre querer mudar a estratégia ou trabalhar mais arduamente para fazer as vendas acontecerem. Por um momento, me resignei à ideia de que o dinheiro viria mais tarde, mas não agora, e de alguma forma isso parecia um afastamento, um encerramento.

Uma mudança aconteceu quando começamos a compartilhar nossas frustrações fora da equipe e com alguns dos palestrantes da conferência. Nós (especialmente Armin Rott, nosso líder de equipe) estávamos vulneráveis ​​e abertos com nosso processo e nossos sentimentos, sem pedir uma solução.

As respostas foram maravilhosamente criativas em termos de ideias e até mesmo doações, mas o mais importante foi saber que nós, como equipe de conferência, não estávamos sozinhos.

Quando compartilhamos nossos sentimentos, uma abertura aconteceu e uma resposta ocorreu.

Não acredito muito em “confiar que tudo vai dar certo”, mas estou começando a confiar cada vez mais em sentimentos e relacionamentos. Já se foram os dias de “segurar tudo” e fazer as coisas por conta própria ou com uma parte de uma equipe. Quão estressante é isso? E, no entanto, o novo caminho tampouco é fácil! Vem com surpresas e uma nova criatividade. Não é planejado ou “resolvido com antecedência”, mas o movimento acontece através de uma conexão, momento a momento, com os sentimentos que estão surgindo.

James Kelly – Criador do jogo Miracle Choice
Tradução: Juliana Kurokawa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *