O que mudou para mim neste período de quarentena?
Para falar a verdade, não muita coisa.
A minha rotina continua praticamente a mesma, com algumas pequenas exceções como não poder ir ao meu café preferido, encontrar algumas amigas ou ir ao cinema de vez em quando.

Quando cheguei a essa conclusão, pensei “Nossa, que vida mais pacata que eu levo!”

Será?

As minhas interações são grande parte online, o que faço no meu tempo livre envolve caminhadas na praia, ler um bom livro ou assistir um filme, e conduzo a quantidade e fluxo do meu trabalho de casa.

Portanto, a quarentena mudou radicalmente a rotina de muitas pessoas pelo mundo a fora, mas não tanto a minha.

Isso quer dizer que eu tenho sorte, ou que vivo num lugar quieto demais, ou que passo muito tempo em frente ao computador? Pode ser.

Mas o importante mesmo foi eu me dar conta, aceitar e honrar a minha natureza. Sou uma pessoa que gosta de silêncio, de poucas e profundas conexões e tempo para mim mesma. Não sou de socializar muito, de festa ou de agito.

Talvez você seja o oposto e adore estar com gente, uma balada e muita interação e esteja sentindo muita falta disso.

E está tudo certo. Cada um com suas preferências, com o que nos sentimos bem e com o que nutre nossa alma.

Eu, por exemplo, me senti nutrida e preenchida o resto do final de semana depois de ter participado do The Big Game do Miracle Choice no sábado e, literalmente, não precisei de muito mais.

O ponto aqui é: faça, principalmente neste momento, o que supra o seu estado de paz interior e bem-estar. O resto (“Eu tenho que”, “Eu devo”) é barulho da mente.

Milagres sempre,

Cátia
Jogo Miracle Choice

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *