Com Quais Pensamentos Você se Alimenta?
por Juliana Kurokawa


Eu estava lendo uma revista que tratava de diversos assuntos relacionados à alimentação e suas novas descobertas e, como não poderia faltar, havia um artigo bem extenso que tratava do assunto das dietas e da perda de peso.

Confesso que me interessei pelo assunto e li o artigo, avidamente, afim de encontrar a fórmula mágica que me faria me livrar dos quilinhos extras indesejados. E, então, a autora discorria sobre as várias dietas e explicava porque estas não funcionavam. Flagrei uma certa ansiedade em mim, como se quisesse antecipar o desfecho e pedia mental e impacientemente: “vamos logo com isso! Ensine-me o caminho das pedras! Ajude-me a ficar elegante.”

Eis que, depois de explanar coisas como metabolismo e nossas escolhas alimentares, a autora começa a última parte com o título “A dieta na sua vida.” E penso: “ufa, agora ela vai me ensinar o truque!”

E, então, senti certa decepção ao ler o que, na verdade, eu já sabia. Emagrecer e manter um peso saudável é consequência das escolhas que tenho não apenas em um determinado momento, até que eu alcance o peso desejado e sim para o resto da minha vida. “Para o resto da vida?”, pensei já cansada só de imaginar. É interessante observar nossa tendência a querer que algo externo resolva a nossa vida, não é?

Ela ainda sugeria que, ao invés de buscarmos uma dieta radical, cada um deveria encontrar o motivo real do sobrepeso. Ou seja, quais os anseios, medos e crenças equivocadas que nos fazem comer mais do que precisamos? Há um claro desequilíbrio nesse caso. E não pode haver mudança enquanto não nos aprofundamos em nossas crenças.

Isso trouxe a reflexão que pode ser replicada a todos os aspectos de nossa vida. Quanto estamos realmente dispostos a olhar para o nosso próprio desconforto? Ao invés de olhar para a causa, buscamos uma solução no efeito justamente porque encarar certos aspectos de nossa personalidade ainda nos parece assustador.

Por incrível que pareça, o artigo sugeria que a  maneira mais efetiva para emagrecer começava com o autoconhecimento. Como assim? Será possível que todas as frentes falam sobre a mesma coisa? O autoconhecimento parece ser o centro de tudo. A escolha da dietadeveria se basear em nossas próprias preferências, limitações, e então poderíamos escolher entre o que nos fosse viável, o que permitiria que o sucesso fosse algo tangível.

E como anda a sua dieta mental? Não seria igualmente importante conhecer a si mesmo para poder estabelecer seus limites? Como posso escolher se nem ao menos sei quem sou? Como acho que vou me relacionar bem com o outro se nem ao menos tenho real interesse em conhecer e me relacionar comigo mesmo?

A escolha é algo que deve ser exercitado constantemente. Você escolhe a cada momento, mesmo que não esteja consciente disso. E de que adiantaria perder peso sem mudar os hábitos? Voltando ao padrão anterior, o corpo simplesmente manifestaria as escolhas que nos mantém no lugar onde estávamos.

Analogamente, de que nos adiantaria fazer uma única escolha feliz? As escolhas se apresentam a cada momento e o que vivenciamos é consequência delas.

Nesse sentido, podemos nos colocar diante das escolhas como eternos aprendizes, sempre em treinamento. Assim fica até mais fácil acolher as vezes em que escolhemos pelo medo, pois, como aprendizes conscientes, podemos nos lembrar que há sempre a possibilidade de escolher de novo e talvez consigamos escolher pelo Amor. E a única maneira de nos tornarmos experts é treinando e treinando e que grande presente poder escolher a cada momento!

E já que o segredo do sucesso é exercitar a escolha e experimentar os efeitos que cada uma delas tem, então pergunte a si mesmo: você está satisfeito com a maneira como está se sentindo? Isso está diretamente ligado às escolhas que você anda fazendo. E, se você não estiver feliz, que tal mudar os hábitos mentais e fazer outras escolhas? Você sempre poderá escolher novamente. Não há nada a perder. O que você pode perder por tentar? Você é o condutor da própria carruagem!

JULIANA KUROKAWA – Facilitadora Certificada Miracle Choice

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *