Qual é o seu repertório quando você se confronta com a dor de alguém?

E se um amigo está passando por uma experiência dolorosa, diferente de qualquer coisa que você já tenha experimentado, e você não sabe o que fazer?

Talvez um cliente não consiga expressar a sua dor e a consulta parece não fluir?

Quando a pessoa que está passando por um processo doloroso tem pouca ou nenhuma consciência a respeito do que está acontecendo consigo, o seu repertório padrão de ajuda pode não ser suficiente. Se você não consegue se relacionar com o que está acontecendo para o outro, então você precisa de ajuda em um nível onde ambos estejam conectados.

A ajuda que você precisa está sempre dentro de você.

Seu repertório do que dizer ou que ferramenta usar pode se esgotar, mas sua conexão interna com o amor e a compaixão está sempre disponível. De certa maneira, seu repertório nunca é limitado, mas você nem sempre consegue acessá-lo.

Algumas perguntas interessantes para você fazer a si mesmo são:

Existem pensamentos dolorosos em minha mente que precisam ser curados?

A cura da outra pessoa também pode ser a minha própria?

Quando você está em situações que envolvem outros, às vezes, é fácil estar presente e receber orientação interior sobre o que dizer ou fazer. Em outras ocasiões, você se depara com sua própria confusão ou medo e, então, você precisa de ajuda interna.

O conteúdo do Miracle Choice surgiu ao recordar os tempos em que eu era capaz de estar presente para mim e para os outros, assim como nas vezes em que eu não o era. Assim, as percepções do jogo vão de encontro às pessoas onde elas estão e as guiam suavemente para sua própria conexão interior.

Portanto, se você estiver com alguém que está pedindo a sua ajuda e você também precisa se conectar consigo mesmo, jogue uma partida do Miracle Choice nesse meio tempo. A cura no jogo é para você e para a outra pessoa, mesmo se você for o facilitador e não estiver jogando. Se somos todos conectados, então é assim que deve acontecer.

Use a edição de bolso do jogo Miracle Choice como parte de seu “repertório interno”.

JAMES KELLY – Co-idealizador e criador dos jogos Miracle Choice
Tradução: Juliana Kurokawa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *